PARA QUEM VIVE A CONDENAR A "COPA DO MUNDO NO BRASIL" POR TODAS AS DESGRAÇAS DO BRASIL

VEJA A TREMENDA ARRECADAÇÃO DE IMPOSTOS DO GOVERNO, E QUASE NADA É FEITO EM PROL DO PAÍS! VALE LEMBRAR QUE SÓ EM 2013, FORAM ARRECADADOS, QUASE 1 (UM) TRILHÃO E 700 (SETECENTOS) BILHÕES DE REAIS. AGORA VIVEM A PERSEGUIR A FIFA E A COPA DO MUNDO. QUANDO DEVERIAM PERGUNTAR AO GOVERNO FEDERAL ONDE ESTÁ ESTE MONTANTE, E O QUE ESTÁ SENDO FEITO DELE. Get Adobe Flash player

CONHEÇA MINHA LOJA VIRTUAL!

seta-imagem-animada-0538 Olá Tudo bem? Seja bem vindo (a) à minha LOJA VIRTUAL em parceria com o Magazine Luíza. Para entrar na loja e buscar ótimas promoções, basta CLICAR AQUI e ir direto.

Fique tranquilo (a) que a página, assim como meu Blog são totalmente seguros. Apenas sou um divulgador e ganho comissão por cada venda. Eu não tenho acesso a nada. Tudo fica a cargo da própria empresa, desde processar seu pagamento em ambiente seguro, como, suporte, entrega e toda logística da sua compra. Tudo muito profissional.

Obrigado por ter vindo! Espero que goste. Bons negócios!

Carlos de Albuquerque
Ouça-me cantar a canção "O Que Me Completa"! Composição: Ana Cristina Intérprete: Carlos de Albuquerque Piano: Bruno Aranha Gravado no estúdio de Ataualba Meirelles Técnico de Gravação: Gilvan Alves Salvador-Bahia-Brasil / Março de 2007

TRADUZA PARA 100 IDIOMAS / NOTA: COMPATÍVEL COM NAVEGADOR GOOGLE CHROME, SAFARI E OUTROS

20 ANOS DE AUTO-EXÍLIO. FALTA POUCO...

Falta pouco pra eu completar 20 anos de Auto-Exílio, em DIAS/HORAS/MINUTOS E SEGUNDOS. Cumprindo assim, minha dolorosa promessa, de, só voltar a pisar na minha terra, local de nascimento, no caso, Ceilândia-Norte / Brasília - Distrito Federal, em duas condições: ou rico e bem sucedido, ou pelo menos, bem encaminhado, e/ou quando completasse 20 anos de ausência. Assim, pretendo enfrentar a dolorosa missão de ir à minha terrinha no ano que vem... Enfrentar minhas dores das perdas e sorrir um pouco, talvez. Não conseguiria prosseguir, abandonando de vez o meu passado. Se alguém sente saudades de mim, ou queira talvez, me matar e me aniquilar por algum erro, essa será a chance de ouro. Embora, a função desse objetivo duro, também envolve a minha obrigação de reparação de erros que, infelizmente fugiu ao meu controle. Quem conhece minha vida de perto, pode imaginar do que estou falando. Tenho um dívida impagável por questões éticas, mas pode ser consertada por condições matemáticas. Isso eu farei à aquela família... Enfim... Estarei lá, pra enfrentar o bem e o mal. Abraços e até lá.

A PROVA DE QUE A MAIORIA DOS VERMELHOS SÃO MASSA DE MANOBRA

ATENÇÃO! Atualizações Semanais deste Blog

MAIS UMA NOVIDADE PARA VOCÊ!
ATENÇÃO! NÃO TENHO CUMPRIDO O ROTEIRO DE POSTAR ÀS SEGUNDAS, PORQUE TENHO TIDO POUCO ACESSO À INTERNET, MAS EM BREVE, VOLTAREI A ESTA ROTINA.

AGRADEÇO À COMPREENSÃO!

Olá! A partir de 20/04/2015, farei um post novo e publicarei toda Segunda-Feira. Sempre com um tema diferente. Será postado entre Meia Noite e 1 (uma) da madrugada das Segundas, pontualmente. Ou posso postar a qualquer momento também. Mas esse dia da semana será obrigatório pra mim. Posts fora desse dia específico serão facultativos. Abraços! Espero que gostem... Ou não, da novidade. De qualquer jeito será assim. (risos)Obrigado pela visita! SEJA BEM VINDO (A)!

O Jeffersonn pegou o sentido da contribuição financeira que a Evanette me confiou hoje!

DEPOIMENTOS VIA FACEBOOK

Jeffersonn Oliveira

Acredito que, se esta ajudando este rapaz , o ''trocadilho'' adulto esperança foi bem empregado, e eu entendi perfeitamente que você esta ajudando alguém a colocar uma ideia em prática ....
Curtir (desfazer) · 1 · há 16 minutos

Evanette Oliveira
Perfeitamente Jeffersonn Oliveira você me conhece e sabe como sou...
Curtir (desfazer) · 1 · há 11 minutos

Isso vale pra outras pessoas que me ajudam! Obrigado!
Carlos de Albuquerque
Rio de Janeiro/Curitiba-PR, 28 de Outubro de 2013

Aqui você traduz diretamente para 08 (oito) idiomas básicos

LEIA 20 PÁGINAS DO MEU LIVRO GRÁTIS. NA PÁGINA 21 VOCÊ PODERÁ COMPRAR, SE ASSIM DESEJAR!

Olá pessoal! Finalmente, meu livro, agora profissionalizado, está disponível pra venda e esta é a melhor maneira que você tem pra me ajudar na minha dura trajetória. Se puder, tiver tempo e quiser, pode ajudar a divulgar este livro, que nada mais é, que o retrato da vida real. A vida tem reveses e qualquer um, pode correr o risco de ir parar nas ruas. Rico, pobre, tímidos, extrovertidos, estudiosos, preguiçosos, drogados ou não, apostadores de loterias, jogadores de jogos de azar... Donas de casas, empresários (as)... Qualquer um está sujeito. Ninguém está imune. Artistas, professores de idiomas, bancários, funcionários públicos, vítimas de desastres naturais, como enchentes, deslizamentos de terra... Incêndios, vítimas da bitolação nos estudos, vítimas da igrejas, principalmente, do seguimento evangélico... Enfim. Este livro mostra que qualquer um pode vir a parar nas ruas, e que nem o governo, e muito menos a sociedade, quer saber do seu passado. Pra eles o que importa é o presente. E no momento, o Morador de Rua é o "lixo" da sociedade. Assim agem de acordo. Abraços e obrigado! PARA COMPRAR CLIQUE AQUI

Em São Paulo, recebendo o Prêmio Nacional de Excelência e Qualidade Brasil 2015

Atenção! Abra os olhos e fique esperto (a)! LEIA O ALERTA ABAIXO COM MUITA ATENÇÃO!!!
Cuidado com seu domínio. Empresas estão de olho, e querem ganhar dinheiro as custas da sua história.

Se você tem um domínio próprio, tome cuidado, e não esqueça de renovar anualmente, pois empresas americanas estão monitorando a valorização de marcas e mesmo sem ter nenhuma história vinculada a elas, as registram em seus nomes, quando percebem que a pessoa esqueceu de renovar. Assim, querem faturar alto às custas da sua história. Esta empresa de domínios, americana, é uma delas. É a terceira já. Registrou meu domínio www.carlosdealbuquerque.com e quer me tirar quase 3 (três) mil reais, por enquanto, para eu ter de volta o que é meu por direito histórico. São iguais abutres / urubus, que ficam só esperando os outros trabalharem para conseguirem sua sobrevivência. São incapazes de caminhar com suas próprias pernas.

Perdeu o Globo Repórter em que fui personagem? Assista minha participação no programa, agora...

Suas pesquisas na Web

Pesquisa personalizada

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

O Idealizador dos Tabuleiros Digitais Prof. Nelson Pretto, direto da Inglaterra, responde crítica do prof. José Albertino ao projeto...

 Você aqui !

CRÍTICA DO PROFESSOR JOSÉ ALBERTINO, ENVIADA À LISTA DA UFBA

ATENÇÃO: Textos publicados na Integra. Não há links ainda porque não tinha tempo pra pesquisar as referências tais...
============================================

ANTES DE COMEÇAR...

MINHA PRIMEIRA E BRANDA RESPOSTA À PESSOA QUE ME ENCAMINHOU TAL MENSAGEM...

Professor ***********, Adorei tais informações e com tais, responderei a altura. Brevemente conferirá isso no meu Blog. Não faço agora porque tenho poucos minutos de net aqui na Lan House. Mas isso aí é mole. Obrigado professor! O onorável crítico em questão não ficará sem as respostas, as quais o professor Nelson iniciou... Tô aí. E vamos animar esse projeto sim. Afinal, foi a sua abertura à comunidade que me levou à Faced. Que vem me ajudando a fortalecer e movimentar meu intelecto em prol das pessoas que apenas precisam ser olhadas de uma forma menos ditatória e mais humana.

Encaminho esta resposta em questão ao Professor Nelson na Inglaterra.

=====================================

brigado meu caro... quero ver sua manifestação na lista da faced....

um forte abraço...

Nelson Pretto

=============================================

ENFIM...

CRÍTICA DO PROFESSOR JOSÉ ALBERTINO, ENVIADA À LISTA DA UFBA

À Congregação da Faced
À Reitoria da UFBA

Prezados senhores

Venho criticando há três anos os rumos tomado pelo Projeto TabuleiroDigital, da Faculdade de Educação sem que a direção tome as providências necessárias para respeitar o Estatuto da Criança e do Adolescente. Mais uma vez flagrei crianças e adolescentes assistindo filmes de sexo explícito, cenas que se repetem diariamente, na Faced, podendo ser vistos por qualquer pessoa que passe pelo local. Estes mesmos jovens usam alguns banheiros da Faced como salas privê. Nesta segunda-feira, dia 1 de dezembro, chamei a diretora e mostrei um destes jovens assistindo livremente os filmes. Não é de hoje que isso acontece e dezenas de estudantes de pedagogia relatam os mesmos fatos e apontam a omissão e a negligência da Faced.

Considero ainda grave o fato de que muitas crianças e adolescentes faltem as aulas nas suas escolas, para jogar; alguns desses jogos, segundo me informaram, incitam a violência; outros jovens passam horas em comunidades virtuais ou em salas de bate-papo, destituindo o projeto de uma dimensão pedagógica ou inclusiva como tantos outros projetos dessa natureza coordenados por ONGs e instituições públicas.

Além desse tipo de problemas, já testemunhei a presença de um pai que seguiu o filho até a Faced para saber onde ele ia, ao invés de freqüentar as aulas na sua escola. Como é do conhecimento da comunidade da Faced, tenho um projeto de prevenção e combate a evasão escolar, em escolas públicas e julgo um paradoxo, orientar crianças, adolescentes e seus pais a freqüentarem a escola, e desconhecer ou aceitar passivamente esse problema dentro da Faculdade de Educação daUniversidade Federal da Bahia.

Para não pecar também pela omissão ou negligência, estou formalizando esta denúncia para a qual solicito providências das instâncias cabíveis.

Cordialmente

Prof. José Albertino Carvalho Lordêlo
-----------------------------------------------------------------
Universidade Federal da Bahia - http://www.portal.ufba.br/
______________________________________________
Faced-l mailing list*******@listas.ufba.br
http://www.listas.ufba.br/mailman/*********/faced-l

=============================================
RESPOSTA DO PROFESSOR NELSON PRETTO. COORDENADOR E IDEALIZADOR DO PROJETO TABULEIROS DIGITAIS...

Ola Faced, bom dia/boa tarde/boa noite


Sabem os que me conhecem um pouco que não sou dado a polemicas pela lista nem a longos emails... No entanto, não resisto e vou comentar a msg do prof. José Albertino sobre os nossos Tabuleiros Digitais. Primeiro, permitam-me uma questão que balizará toda essa conversa: por que os filhos das classes média e alta podem ter acesso ao universo da internet, na privacidade de seus quartos, com banda larga, suporte via telefone e computadores poderosos para fazer um monte de coisas como baixar músicas, mixá-las, distribuí-las, jogar videogames online, conversar com amigos velhos e novos, visitar e interagir com sites às vezes não tão adequados segundo os adultos - que aliás, um dia já viram as mesmas coisas em gibis escondidos dentro dos livros escolares! -, e, os filhos dos pobres, têm que acessar internet em telecentros para serem treinados (com projetos pedagógicos) em word e excel (aliás, softwares proprietários que lhes "escravizarão" para o todo e sempre...)?! Caras e caros da Faced, essa foi a nossa motivação para o projeto dos TD (fruto de nossas pesquisas, atividades de ensino e de extensão) e, justo por isso, o projeto ganhou prêmios e foi, inclusive, o indicado pela FAPESB mês passado, para concorrer ao Prêmio Péter Murányi 2009. Mas isso não é o fundamental pois seria tratar o tema a partir da lógica meritocrática, que tanto condeno. (mas, claro, não custa lembrar para os desavisados, não é?!) O fundamental é que, aqui, dentro da comunidade de educadores, os TD incomodam. Incomodam e muito. E, creiam, isso nos deixa eufóricos. Quem sabe se, com esse incomodo, nossos futuros professores possam ver o mundo com outros olhos. Abertos, de preferência!

Quem sabe, se com essa turbulência que eles causam, não possamos pensar em escolas, currículos, prédios escolares (vou escrever mais sobre isso em breve!) e professores mais atentados com a contemporaneidade. Ou ainda, será que ainda pensamos que é na normalidade que se cria e se produz conhecimentos e inovação? Ledo engano, minhas caras e meus caros... Ledo engano. Não resisto lembrar de uma aula de Polemicas Contemporâneas (que também já deu muita polemica!) sobre homossexualidade, na qual umas três alunas foram embora indignadas com a discussão e... chamaram os maridos!!! Prof. José Albertino, permita-me dirigir-me em público diretamente ao colega com uma questão: por que sua indignação com o ato do menino não teve como pronta resposta o necessário ato de um professor que seria o de educar: chegar mais, ir lá, dialogar, conversar, mostrar o absurdo que é um garoto ficar vendo páginas pornográficas em um lugar público e, pior, em uma unidade de educação? Qual nada, sua ação foi a de chamar a Diretora. A autoridade. Avisar ao Reitor, a autoridade! Para que? Para que ordem voltasse a reinar?

Todos nós temos que reprovar e não permitir que esses meninos façam isso aqui, mas, claro, temos também que nos perguntar: que formação sobre sexualidade estamos dando à essa juventude? Que formação ética estamos dando? Esse pai que até aqui veio (deve ter sentado um minutinho no Tabuleiro, não? duvido!) devia compreender exatamente o porque do menino estar aqui e não lá na escola... Esse pai deveria ir até a escola, cobrar da escola sem, no entanto, ser responsabilizado pela falência da escola e da educação. Não, não... as famílias não são as responsáveis por isso, professor. Elas precisam cobrar sim é Politicas Públicas, isso sim! Mas essa é outra conversa, deixa para lá... O que fico aqui a pensar é por que essa indignação e acesso à Reitoria não foi no sentido de perguntar à administração central por que, até hoje, os Tabuleiros não estão espalhados em toda a UFBA, com o apoio da Petrobras, tão caro ao nosso projeto e mais caro ainda à administração central? Por que? (Mudem o nome, para não dizer que foi idéia da Faced, não tem problema!) Essa pergunta me faço o tempo todo pois, saibam todos, fizemos de tudo para que pudéssemos ter mais Tabuleiros, mais acesso, mais produção de conhecimentos, culturas e, por que não professor, muito, muito mais diversão e alegria?! Uma nota de pé de página: depois dos primeiros apoios (para cá e Irecê), todas as vezes que enviamos à Petrobras pedidos para ampliação do projeto na UFBA, tivemos os projetos negados!.

Fecha nota de pé de página.

A Faced tem responsabilidade com esse projeto. Estamos vendo no mundo todo uma luta desenfreada por ampliação das liberdades, e o acesso a essas tecnologias não e algo secundário. Foram esses meninos e meninas - às vezes fazem esses absurdos (oohhh!!!!) - que, direto da Índia, na semana passada, através do twitter (http://twitter.com/ e no blog do GEC http://educacoes.livejournal.com/40375.html) postaram informações, fotos e, inclusive, alimentaram a grande imprensa, que dava noticias não verdadeiras sobre a tragédia (acabo de ver que o mesmo esta acontecendo com as enchentes no sul ai do Brasil). Foram esses meninos e meninas, que não estavam só sendo treinados para usar word e excel com projetos pedagógicos, que organizaram a "revolta do buzu" ai em Salvador, a "revolta catraca" em SC, movimentos como MST e Chiapas no México... São esses meninos e meninas que, depois de crescidos - ou muito antes do que isso! - estarão ajudando a construir um mundo justo e solidário. Isso é o que esperamos e, para isso trabalhamos. Trabalhamos duro, professor... Não é mole, não... compreender a vibração dessa meninada que, por natureza, adora (e tem!) transgredir para que possam, quem sabe um dia, serem adultos que consigam perceber que uma juventude que não transgride, para começo de conversa, não é juventude...A escola, colegas, desculpem o tom professoral (xiii, to me traindo, hein?!), tem que aprender a tratar com essa juventude como ela é e não uma idealizada que se comporta como... como... …Perdoem-me... já falei demais e esse não é o meu estilo (devo ser o frio e as saudades da Faced!).Por ultimo, e não menos importante penso eu, uma pequena historia.

Caminhava na Centenário um fim de semana desses de setembro, quando encontrei uma turma de meninos do Calabar. Ao passar por eles, de pronto, um me pediu: tio (argh!!!!) dá um trocado aí... Eu, como de costume, respondi na lata: que nada cara.., colé ?! E continuei o meu caminho. O garoto olhou pra mim e, com um sorriso de orelha a orelha, fez um tchau, professor! segunda to la na Ufba! Era um dos meus "amigos" do Tabuleiro.... Que bom seria, Zé, se naquela segunda, vc estivesse no corredor e, de braços abertos, recebesse esse menino, desse um sonoro bom dia, explicasse alguma coisa, e, quando necessário, passasse um belo "esporro" (no bom sentido, claro!), sem autoritarismo Iluminista mas, duro, consistente, com a autoridade de um adulto, de um pai e, principalmente, de um professor. Esse seria um dia muito feliz para mim. Pena que esse dia ainda está distante. Ou, quem sabe não?!Continuaremos o nosso incansável trabalho político e acadêmico para contribuir com a construção de um mundo justo, solidário e feliz, podes crer meu caro!

um abraço fraterno.-- Nelson Pretto
FACED/UFBA

==============================================
Phone Nottingham /UK: + 44 079 755 4*****5 skype: nlpretto

Fones Virtuais no Brasil: Sampa: 11.3020 ***** Rio 21.3010 *****
==============================================

ESCLARECIMENTOS SOBRE O ASSUNTO NOS LINKS ABAIXO

Evasão e falta de infra-estrutura são alguns dos problemas das escolas estaduais

UM ESTUDO SOBRE EVASÃO ESCOLAR: PARA PENSAR A INCLUSÃO ESCOLAR

Não querer estudar é o principal motivo da evasão escolar

PROGRAMA DE COMBATE À EVASÃO ESCOLAR de Teófilo Otoni -MG

(Professores da rede pública denunciam: aprendendo ou não, o estudante vai passar) Componentes do Conselho de Classe (leia texto)relatam pressão da Secretaria de Educação e dos próprios alunos para aprovar quem não teve bom desempenho durante o ano letivo

[texto acima extraído da versão impressa do Jornal Folha Salvador]

Carlos de Albuquerque

==============================================

POR FAVOR, LEIA ABAIXO...
A partir de hoje, não sou mais acessível. Não concedo mais entrevistas e/ou coloboro com trabalhos e etc... Agora só perante cachê ou parcerias... CLIQUE PARA SABER MAIS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Veja mais textos meus de várias fases publicados no Recanto das Letras, clicando aqui! Tem muito romantismo também... Confira.



Navegue pelo mapa. Mais detalhes clique na marca GOOGLE, na parte inferior esquerda do mapa.