PARA QUEM VIVE A CONDENAR A "COPA DO MUNDO NO BRASIL" POR TODAS AS DESGRAÇAS DO BRASIL

VEJA A TREMENDA ARRECADAÇÃO DE IMPOSTOS DO GOVERNO, E QUASE NADA É FEITO EM PROL DO PAÍS! VALE LEMBRAR QUE SÓ EM 2013, FORAM ARRECADADOS, QUASE 1 (UM) TRILHÃO E 700 (SETECENTOS) BILHÕES DE REAIS. AGORA VIVEM A PERSEGUIR A FIFA E A COPA DO MUNDO. QUANDO DEVERIAM PERGUNTAR AO GOVERNO FEDERAL ONDE ESTÁ ESTE MONTANTE, E O QUE ESTÁ SENDO FEITO DELE. Get Adobe Flash player

CONHEÇA MINHA LOJA VIRTUAL!

seta-imagem-animada-0538 Olá Tudo bem? Seja bem vindo (a) à minha LOJA VIRTUAL em parceria com o Magazine Luíza. Para entrar na loja e buscar ótimas promoções, basta CLICAR AQUI e ir direto.

Fique tranquilo (a) que a página, assim como meu Blog são totalmente seguros. Apenas sou um divulgador e ganho comissão por cada venda. Eu não tenho acesso a nada. Tudo fica a cargo da própria empresa, desde processar seu pagamento em ambiente seguro, como, suporte, entrega e toda logística da sua compra. Tudo muito profissional.

Obrigado por ter vindo! Espero que goste. Bons negócios!

Carlos de Albuquerque
Ouça-me cantar a canção "O Que Me Completa"! Composição: Ana Cristina Intérprete: Carlos de Albuquerque Piano: Bruno Aranha Gravado no estúdio de Ataualba Meirelles Técnico de Gravação: Gilvan Alves Salvador-Bahia-Brasil / Março de 2007

TRADUZA PARA 100 IDIOMAS / NOTA: COMPATÍVEL COM NAVEGADOR GOOGLE CHROME, SAFARI E OUTROS

20 ANOS DE AUTO-EXÍLIO. FALTA POUCO...

Falta pouco pra eu completar 20 anos de Auto-Exílio, em DIAS/HORAS/MINUTOS E SEGUNDOS. Cumprindo assim, minha dolorosa promessa, de, só voltar a pisar na minha terra, local de nascimento, no caso, Ceilândia-Norte / Brasília - Distrito Federal, em duas condições: ou rico e bem sucedido, ou pelo menos, bem encaminhado, e/ou quando completasse 20 anos de ausência. Assim, pretendo enfrentar a dolorosa missão de ir à minha terrinha no ano que vem... Enfrentar minhas dores das perdas e sorrir um pouco, talvez. Não conseguiria prosseguir, abandonando de vez o meu passado. Se alguém sente saudades de mim, ou queira talvez, me matar e me aniquilar por algum erro, essa será a chance de ouro. Embora, a função desse objetivo duro, também envolve a minha obrigação de reparação de erros que, infelizmente fugiu ao meu controle. Quem conhece minha vida de perto, pode imaginar do que estou falando. Tenho um dívida impagável por questões éticas, mas pode ser consertada por condições matemáticas. Isso eu farei à aquela família... Enfim... Estarei lá, pra enfrentar o bem e o mal. Abraços e até lá.

A PROVA DE QUE A MAIORIA DOS VERMELHOS SÃO MASSA DE MANOBRA

ATENÇÃO! Atualizações Semanais deste Blog

MAIS UMA NOVIDADE PARA VOCÊ!
ATENÇÃO! NÃO TENHO CUMPRIDO O ROTEIRO DE POSTAR ÀS SEGUNDAS, PORQUE TENHO TIDO POUCO ACESSO À INTERNET, MAS EM BREVE, VOLTAREI A ESTA ROTINA.

AGRADEÇO À COMPREENSÃO!

Olá! A partir de 20/04/2015, farei um post novo e publicarei toda Segunda-Feira. Sempre com um tema diferente. Será postado entre Meia Noite e 1 (uma) da madrugada das Segundas, pontualmente. Ou posso postar a qualquer momento também. Mas esse dia da semana será obrigatório pra mim. Posts fora desse dia específico serão facultativos. Abraços! Espero que gostem... Ou não, da novidade. De qualquer jeito será assim. (risos)Obrigado pela visita! SEJA BEM VINDO (A)!

O Jeffersonn pegou o sentido da contribuição financeira que a Evanette me confiou hoje!

DEPOIMENTOS VIA FACEBOOK

Jeffersonn Oliveira

Acredito que, se esta ajudando este rapaz , o ''trocadilho'' adulto esperança foi bem empregado, e eu entendi perfeitamente que você esta ajudando alguém a colocar uma ideia em prática ....
Curtir (desfazer) · 1 · há 16 minutos

Evanette Oliveira
Perfeitamente Jeffersonn Oliveira você me conhece e sabe como sou...
Curtir (desfazer) · 1 · há 11 minutos

Isso vale pra outras pessoas que me ajudam! Obrigado!
Carlos de Albuquerque
Rio de Janeiro/Curitiba-PR, 28 de Outubro de 2013

Aqui você traduz diretamente para 08 (oito) idiomas básicos

LEIA 20 PÁGINAS DO MEU LIVRO GRÁTIS. NA PÁGINA 21 VOCÊ PODERÁ COMPRAR, SE ASSIM DESEJAR!

Olá pessoal! Finalmente, meu livro, agora profissionalizado, está disponível pra venda e esta é a melhor maneira que você tem pra me ajudar na minha dura trajetória. Se puder, tiver tempo e quiser, pode ajudar a divulgar este livro, que nada mais é, que o retrato da vida real. A vida tem reveses e qualquer um, pode correr o risco de ir parar nas ruas. Rico, pobre, tímidos, extrovertidos, estudiosos, preguiçosos, drogados ou não, apostadores de loterias, jogadores de jogos de azar... Donas de casas, empresários (as)... Qualquer um está sujeito. Ninguém está imune. Artistas, professores de idiomas, bancários, funcionários públicos, vítimas de desastres naturais, como enchentes, deslizamentos de terra... Incêndios, vítimas da bitolação nos estudos, vítimas da igrejas, principalmente, do seguimento evangélico... Enfim. Este livro mostra que qualquer um pode vir a parar nas ruas, e que nem o governo, e muito menos a sociedade, quer saber do seu passado. Pra eles o que importa é o presente. E no momento, o Morador de Rua é o "lixo" da sociedade. Assim agem de acordo. Abraços e obrigado! PARA COMPRAR CLIQUE AQUI

Em São Paulo, recebendo o Prêmio Nacional de Excelência e Qualidade Brasil 2015

Atenção! Abra os olhos e fique esperto (a)! LEIA O ALERTA ABAIXO COM MUITA ATENÇÃO!!!
Cuidado com seu domínio. Empresas estão de olho, e querem ganhar dinheiro as custas da sua história.

Se você tem um domínio próprio, tome cuidado, e não esqueça de renovar anualmente, pois empresas americanas estão monitorando a valorização de marcas e mesmo sem ter nenhuma história vinculada a elas, as registram em seus nomes, quando percebem que a pessoa esqueceu de renovar. Assim, querem faturar alto às custas da sua história. Esta empresa de domínios, americana, é uma delas. É a terceira já. Registrou meu domínio www.carlosdealbuquerque.com e quer me tirar quase 3 (três) mil reais, por enquanto, para eu ter de volta o que é meu por direito histórico. São iguais abutres / urubus, que ficam só esperando os outros trabalharem para conseguirem sua sobrevivência. São incapazes de caminhar com suas próprias pernas.

Perdeu o Globo Repórter em que fui personagem? Assista minha participação no programa, agora...

Suas pesquisas na Web

Pesquisa personalizada

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

E... Depois de muito tempo, o Choque de Ordem me recolheu ao abrigo de Antares - Santa Cruz - RJ. Muita coisa mudou!

ATENÇÃO: ABAIXO DAS FOTOGRAFIAS VEM O NOVO TEXTO

Foto A

Foto 1
Foto 2
Foto 3
Foto 4
Foto 5
Foto 6

Depois de um bom tempo, ou melhor, alguns meses sem ser recolhido pelo Choque de Ordem, finalmente hoje, por volta das 6 da manhã, peguei "carona" na Van da SMAS-Secretaria Municipal de Assistência Social da Prefeitura do Rio (foto 3). Já sabia que não demoraria pra eu tomar este velho bote. Não foi o primeiro e com certeza, infelizmente, não será o último. Enfim...

O fato é que estamos em ano de eleição e já sabemos como as coisas funcionam, não é mesmo? As Prefeituras relaxam nas suas ações de repressão, para dar a impressão de que não não estão maltratando ninguém. Neste momento, na reta final para a eleição municipal, o prefeito Eduardo Paes, está... Uma paz. Não perturba ninguém. Apenas levemente, manda os reboques do SEOP - Secretaria Especial da Ordem Pública (foto 1), rebocar uns carrinhos de vez em quando; permite os bares fazerem a festa em cimas das calçadas com suas mesas e cadeiras; camelôs não autorizados conseguem trabalhar "tranquilamente"; "permitem" a galera de rua "descansar" mais e recolhem menos, e quando o fazem, não estão fazendo uso da força, como acontecia até março deste ano. Além de agora, rolar até lanchinho vip pra galera noposto-base-contêiner no bairro Catete-Zona Sul do Rio, que você vê na (foto 2) e que serve de triagem pra quem será encaminhado ao albergue. Além de ali, distribuírem um super Kit-Lanche (fotos 4 e 5) pra galera. Na verdade, há muito tempo que esperava por essa "aventura", ois gostaria de registrar com fotos e fatos a atual situação do Albergue. Por isso não fiz a menor força pra que eles, os agentes, me dispensarem na horada abordagem. Não apresentei documentação (não foi solicitada, claro!), e respondi todas as perguntas com evasivas. Não queria que me dispensassem. Eu queria ir e precisava que eles me forçassem a isso. Me fizeram várias perguntas, mas as desconversei de propósito. No entanto, embora já tivesse informações de que o abrigo estava bem melhor do que era, queria eu mesmo ver isso. Já dentro da van, tinha um dos recolhidos que me passou as referências de como era lá dentro. Perguntei se tinha cama ou se era colchão no chão como antigamente, e ele disse que tinha cama sim e o outro ainda confirmou. Embora o segundo tenha dito que, novato, nos primeiros dias pegava um colchonete e ficava pelo chão mesmo... Disseram que tinha até quarto separado. O primeiro disse que o seu era o "Quarto 4". Quando chegamos na Triagem do Abrigo, no local em que perguntavam quem ia ficar ou ir embora, só tinha uma mesa. Não tinha cadeira como antes. Até o próprio agente se surpreendeu, ao passo que o outro respondeu que era porque estava tendo reforma de toda a estrutura. O agente responsável de nos receber e nos dar destinho, estava com jaleco branco, com ar de organizado e limpo. Antes eram todos de colete e falavam com a gente de maneira mais desprezível e ríspida. Fato bem diferente de hoje. Não achei necessidade na verdade, não tava afim de encarar o ambiente daquelas pessoas. Embora tenham melhorado em tudo lá. Ele perguntou o nome de cada um pra confirmar na ficha e despachar os agentes de abordagens de rua e ver conosco, quem ficaria pra falar com assistente social ou quem optaria e em ir embora. Assim, dois ficaram e eu e outro fomos embora. Ele nos acompanhou até o portão e fomos, cada um pro seu lado. Pensei em ir tentar pegar o Trem junto com o outro, mas disseram que um ******** em que podíamos ****** estava fechado. Só subindo a rampa e pagando o Trem praCentral do Brasil, pra conseguir voltar. Mas como tive noticia certa vez de que teríamos que "pagar pedágio" de R$2,00 para o ******** para poder passar por dentro da *******, então fiquei receoso e preferi tomar o outro caminho. Peguei um ônibus pra ir pro Centro de Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio, pra, de lá, pegar o Trem com mais segurança. Pela manhã, na ida, me bateu a curiosidade por estarmos passando por uma série de estações, bem projetadas e bonitas. Coisa de primeiro mundo. Achei estranho aquelas coisas por ali. Mas, só mais tarde entenderia sua função.
Ao sair do Abrigo para cumprir a trajetória da volta, peguei uma Van e cheguei ao Centro de Santa Cruz. Como tinha algum dinheiro, mas também o Bilhete Único Carioca, que é bem útil e econômico na questão, deslocamento com transporte público, precisava pagar a passagem do Trem ao custo de (R$1,90). Resolvi, que, ao invés de pagar a dinheiro, era mais vantagem usar o Bilhete. Porém seu saldo estava baixo e precisava recarregá-lo. Pedir informação a uma senhora-vendedora-ambulante, que estava perto da Estação do Trem, de onde eu podia recarregá-lo, ao passo que ela me informou que era logo ali na frente, virando à direita. Assim segui pra lá. Foi quando percebi finalmente, qual era a função daquelas curiosas, estranhas e belas estações ao longo do percurso de ida ao Abrigo. Tratava-se das estrutura rodoviária dasBRT's Transoeste (Foto A). Uma linha criada pela atual Prefeitura, com belos, e imagina-se, confortáveis ônibus articulados, com o popular nome de "Ligeirões"que fazem o transporte de passageiros na região mais pobre da Cidade. Foi pra mim, até meio estranho, toda aquela estrutura de primeiro mundo, que caberia e seria mais adequada na Zona Sul da Cidade, ser instalado ali. Foi grande a surpresa. A partir das impressões que tive hoje, com as melhorias em relação ao tratamento ao pessoal de rua, às BRT's, aos novos trens e etc... Comecei a perceber que, se não for uma coisa apenas de época de eleição, merece ter continuidade. Talvez eu esteja nesse momento, sendo quase que um "cabo eleitoral" da atual Prefeitura, mas eu não posso só escrever contra as coisas que não funcionam. Tenho a obrigação de reconhecê-las quando funcionam bem. Em relação ao pessoal de Rua, acho que a única coisa que jamais será legal é a localização do Abrigo. O lugar é muitíssimo complicado e desestimulante, pra que tem até vontade de dormir no Albergue. Quem vai querer ficar tão longe do Centro da Cidade??? Quase ninguém. Eu já dormi por 01 (um) ano num albergue de Salvador, entre os anos de 2000 e 2001. Mas ele localiza-se até hoje, na Baixa do Sapateiro. No Centro de Salvador. Assim muita gente de rua preferia ficar no Albergue, já que tava no Centro onde, durante o dia podiam se virar em qualquer coisa. Eu, na época, era albergado e integrante do Recém criado na época, do Grupo VILAVOX, que existe até hoje no Teatro Vila Velha. Emfim... É isso aí. Depois que peguei o Trem, ao chegar na Central do Brasil, fui ao banheiro e lá me fotografei no espelho (foto 6). Pra registrar o momento. Cheguei. Estou agora à noite, numa Lan House da Lapa, concluindo este texto. Já vi a Van de Abordagem passar na Cinelândia. Mas pensei: "se eles me pegarem de novo, penso em fugir e me jogar na frente do primeiro carro que passar em alta na Av. Rio Branco. Tô pensando em fazer isso. Não quero entrar de novo naquela Van. Pelo menos hoje não. Vamos ver o que vou fazer na hora. Ou então reagir, pra eles me moerem de porrada, ou coisa pior. Não sei o que farei. Só na hora. Só... Na hora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Veja mais textos meus de várias fases publicados no Recanto das Letras, clicando aqui! Tem muito romantismo também... Confira.



Navegue pelo mapa. Mais detalhes clique na marca GOOGLE, na parte inferior esquerda do mapa.