PARA QUEM VIVE A CONDENAR A "COPA DO MUNDO NO BRASIL" POR TODAS AS DESGRAÇAS DO BRASIL

VEJA A TREMENDA ARRECADAÇÃO DE IMPOSTOS DO GOVERNO, E QUASE NADA É FEITO EM PROL DO PAÍS! VALE LEMBRAR QUE SÓ EM 2013, FORAM ARRECADADOS, QUASE 1 (UM) TRILHÃO E 700 (SETECENTOS) BILHÕES DE REAIS. AGORA VIVEM A PERSEGUIR A FIFA E A COPA DO MUNDO. QUANDO DEVERIAM PERGUNTAR AO GOVERNO FEDERAL ONDE ESTÁ ESTE MONTANTE, E O QUE ESTÁ SENDO FEITO DELE. Get Adobe Flash player

CONHEÇA MINHA LOJA VIRTUAL!

seta-imagem-animada-0538 Olá Tudo bem? Seja bem vindo (a) à minha LOJA VIRTUAL em parceria com o Magazine Luíza. Para entrar na loja e buscar ótimas promoções, basta CLICAR AQUI e ir direto.

Fique tranquilo (a) que a página, assim como meu Blog são totalmente seguros. Apenas sou um divulgador e ganho comissão por cada venda. Eu não tenho acesso a nada. Tudo fica a cargo da própria empresa, desde processar seu pagamento em ambiente seguro, como, suporte, entrega e toda logística da sua compra. Tudo muito profissional.

Obrigado por ter vindo! Espero que goste. Bons negócios!

Carlos de Albuquerque
Ouça-me cantar a canção "O Que Me Completa"! Composição: Ana Cristina Intérprete: Carlos de Albuquerque Piano: Bruno Aranha Gravado no estúdio de Ataualba Meirelles Técnico de Gravação: Gilvan Alves Salvador-Bahia-Brasil / Março de 2007

TRADUZA PARA 100 IDIOMAS / NOTA: COMPATÍVEL COM NAVEGADOR GOOGLE CHROME, SAFARI E OUTROS

20 ANOS DE AUTO-EXÍLIO. FALTA POUCO...

Falta pouco pra eu completar 20 anos de Auto-Exílio, em DIAS/HORAS/MINUTOS E SEGUNDOS. Cumprindo assim, minha dolorosa promessa, de, só voltar a pisar na minha terra, local de nascimento, no caso, Ceilândia-Norte / Brasília - Distrito Federal, em duas condições: ou rico e bem sucedido, ou pelo menos, bem encaminhado, e/ou quando completasse 20 anos de ausência. Assim, pretendo enfrentar a dolorosa missão de ir à minha terrinha no ano que vem... Enfrentar minhas dores das perdas e sorrir um pouco, talvez. Não conseguiria prosseguir, abandonando de vez o meu passado. Se alguém sente saudades de mim, ou queira talvez, me matar e me aniquilar por algum erro, essa será a chance de ouro. Embora, a função desse objetivo duro, também envolve a minha obrigação de reparação de erros que, infelizmente fugiu ao meu controle. Quem conhece minha vida de perto, pode imaginar do que estou falando. Tenho um dívida impagável por questões éticas, mas pode ser consertada por condições matemáticas. Isso eu farei à aquela família... Enfim... Estarei lá, pra enfrentar o bem e o mal. Abraços e até lá.

A PROVA DE QUE A MAIORIA DOS VERMELHOS SÃO MASSA DE MANOBRA

ATENÇÃO! Atualizações Semanais deste Blog

MAIS UMA NOVIDADE PARA VOCÊ!
ATENÇÃO! NÃO TENHO CUMPRIDO O ROTEIRO DE POSTAR ÀS SEGUNDAS, PORQUE TENHO TIDO POUCO ACESSO À INTERNET, MAS EM BREVE, VOLTAREI A ESTA ROTINA.

AGRADEÇO À COMPREENSÃO!

Olá! A partir de 20/04/2015, farei um post novo e publicarei toda Segunda-Feira. Sempre com um tema diferente. Será postado entre Meia Noite e 1 (uma) da madrugada das Segundas, pontualmente. Ou posso postar a qualquer momento também. Mas esse dia da semana será obrigatório pra mim. Posts fora desse dia específico serão facultativos. Abraços! Espero que gostem... Ou não, da novidade. De qualquer jeito será assim. (risos)Obrigado pela visita! SEJA BEM VINDO (A)!

O Jeffersonn pegou o sentido da contribuição financeira que a Evanette me confiou hoje!

DEPOIMENTOS VIA FACEBOOK

Jeffersonn Oliveira

Acredito que, se esta ajudando este rapaz , o ''trocadilho'' adulto esperança foi bem empregado, e eu entendi perfeitamente que você esta ajudando alguém a colocar uma ideia em prática ....
Curtir (desfazer) · 1 · há 16 minutos

Evanette Oliveira
Perfeitamente Jeffersonn Oliveira você me conhece e sabe como sou...
Curtir (desfazer) · 1 · há 11 minutos

Isso vale pra outras pessoas que me ajudam! Obrigado!
Carlos de Albuquerque
Rio de Janeiro/Curitiba-PR, 28 de Outubro de 2013

Aqui você traduz diretamente para 08 (oito) idiomas básicos

LEIA 20 PÁGINAS DO MEU LIVRO GRÁTIS. NA PÁGINA 21 VOCÊ PODERÁ COMPRAR, SE ASSIM DESEJAR!

Olá pessoal! Finalmente, meu livro, agora profissionalizado, está disponível pra venda e esta é a melhor maneira que você tem pra me ajudar na minha dura trajetória. Se puder, tiver tempo e quiser, pode ajudar a divulgar este livro, que nada mais é, que o retrato da vida real. A vida tem reveses e qualquer um, pode correr o risco de ir parar nas ruas. Rico, pobre, tímidos, extrovertidos, estudiosos, preguiçosos, drogados ou não, apostadores de loterias, jogadores de jogos de azar... Donas de casas, empresários (as)... Qualquer um está sujeito. Ninguém está imune. Artistas, professores de idiomas, bancários, funcionários públicos, vítimas de desastres naturais, como enchentes, deslizamentos de terra... Incêndios, vítimas da bitolação nos estudos, vítimas da igrejas, principalmente, do seguimento evangélico... Enfim. Este livro mostra que qualquer um pode vir a parar nas ruas, e que nem o governo, e muito menos a sociedade, quer saber do seu passado. Pra eles o que importa é o presente. E no momento, o Morador de Rua é o "lixo" da sociedade. Assim agem de acordo. Abraços e obrigado! PARA COMPRAR CLIQUE AQUI

Em São Paulo, recebendo o Prêmio Nacional de Excelência e Qualidade Brasil 2015

Atenção! Abra os olhos e fique esperto (a)! LEIA O ALERTA ABAIXO COM MUITA ATENÇÃO!!!
Cuidado com seu domínio. Empresas estão de olho, e querem ganhar dinheiro as custas da sua história.

Se você tem um domínio próprio, tome cuidado, e não esqueça de renovar anualmente, pois empresas americanas estão monitorando a valorização de marcas e mesmo sem ter nenhuma história vinculada a elas, as registram em seus nomes, quando percebem que a pessoa esqueceu de renovar. Assim, querem faturar alto às custas da sua história. Esta empresa de domínios, americana, é uma delas. É a terceira já. Registrou meu domínio www.carlosdealbuquerque.com e quer me tirar quase 3 (três) mil reais, por enquanto, para eu ter de volta o que é meu por direito histórico. São iguais abutres / urubus, que ficam só esperando os outros trabalharem para conseguirem sua sobrevivência. São incapazes de caminhar com suas próprias pernas.

Perdeu o Globo Repórter em que fui personagem? Assista minha participação no programa, agora...

Suas pesquisas na Web

Pesquisa personalizada

quinta-feira, 14 de março de 2013

Meus primeiros textos - PARTE 17


ATENÇÃO: ESTOU DISPONIBILIZANDO ESTE CONTEÚDO NA ÍNTEGRA COMO ERA NO MEU PRIMEIRO SITE, COM A MESMA CONFIGURAÇÃO.

Tradução de texto: Claudia Dantas


Índice
 
1) Atitude autoritária de futuros professores formados pela Faculdade de Educação da UFBA... /// Attitude of authoritarism of graduated teachers by Education College of Federal University of Bahia...
2) Parece que havia acontecido o previsto, e o Portal Domínio Público esteve fora do ar por..." / "It seems... English Version
3) Bom dia Carlos, Recebi suas músicas e... / Good Morning Carlos, I received your songs and...
4) O Portal voltou, mas... / The Portal is back, but... English Version
5) Resposta a Francisco do blog 86 (oitenta e seis) - Duras criticas a mim! Mas recebeu as respostas...
6) O mundo que me faz sonhar! Melhor que sentar e chorar...
7) O Ex-Morador de Rua que começará em, 14/07/2008 o seu ofício de Funcionário Público Federal do Banco do Brasil no Recife. Valeu parceiro!!!! (leia meu comentário)
8) Um comentário ao post "Anencéfalicos do STF..." no Blog - Ao Mirante Nelson
9) Continuo a dizer que o Movimento Negro, da forma que luta por Reparação, só consegue conquistas frágeis paliativas
10) Uma máfia velada assola o Projeto Tabuleiro Digital na FACED-UFBA

1) Atitude autoritária de futuros professores formados pela Faculdade de Educação da UFBA... /// Attitude of authoritarism of graduated teachers by Education College of Federal University of Bahia...

* Os textos seguem abaixo, mas antes leia este aviso...

Me plageie, mas não estoure nacionalmente...

O crítico não morreu!!!

     Fique à vontade se quiser copiar minhas criações, ganhar dinheiro com elas... Faça o que bem entender. Mas se eu ficar sabendo, o que acontecerá se estourar a nível nacional, que está faturando em cima das minhas palavras sem minha devida autorização, adianto-lhe que não precisarei da justiça, a minha própria inspiração tomará conta de você. E aí... Meu poder investigativo entrará em ação, e a sua reputação vai simplesmente desaparecer. Custará muito caro me copiar! Temos muitos plagiadores na Internet que se aproveitam de obras alheias. Tome cuidado ao se apropriar das minhas. Se tiver alguma dúvida, é só dar uma olhada nos meus textos criticos que estão publicados aqui mesmo.

Obs.: Esse recado é pra quem pretende lucrar em cima do meu Trabalho sem que eu saiba, mas pode copiá-los e usá-los domesticamente, e dar a quem quiser.
 
                                       Plagiarize me, but dont stay high around nation...
 
                                                       The critic didnt die!!!
 
Be at home if you want to copy my creations, earn money by them... Do  whatever you want. But if Ive known that it got around nation and earning money by my words without my authorization. I must say its not nessessary the justice, just my own inspiration that goes through you. Then... My power of investigation will be in action and your reputation will simply disappear. You will pay so so much if you copy me! We have many plagiarizers at internet who get others works. Be careful if you use mine. If you have any doubt, just take a look at my critic texts that are published here.
 
P.S.: this message is for a person who wants to earn money by my work without my permission, but you can copy them and use them domestically, and send to anybody you want.
 
Carlos de Albuquerque
 
Tradução: Claudia Dantascacaudantas@yahoo.com.br

1) Atitude autoritária de futuros professores formados pela Faculdade de Educação da UFBA... /// Attitude of authoritarism of graduated teachers by Education College of Federal University of Bahia...
Revisão de texto: Carlos de Albuquerque

     Ora, que num país movido por turbulências sociais, temos que aturar o autoritarismo exarcerbado, principalmente dentro de instituições que formam os futuros "educadores" na Bahia. A Universidade. Ontem fiquei pasmo ao presenciar uma cena, no mínimo, surpreendente. Estava eu a acessar a internet pelo projeto Tabuleiro Digital da Faculdade de Educação da UFBA, a FACED, e tinha ao meu lado, 03 alunos de Educação (talvez de Administração...), futuros instrutores de nosso corpo social, quando um adolescente, e quem sabe, futuro aluno desta Faculdade, pediu para pegar um banco que estava desocupado para sentar-se e usufruir do direito que o projeto lhe dá. A moça que estava no computador disse que não podia pegar, porque seus amigos iriam sentar-se como acompanhantes. Pior. Os dois subiram pro outro andar, e a mesma pegou um dos bancos e colocou embaixo de sua mesa, e no outro colocou-se a bolsa da segunda acompanhante. Aí, claro, questionei, que não era legal fazer isso, porque o projeto é para priorizar quem estava no computador acessando, não acompanhantes. Eles reagiram dizendo que estavam fazendo um trabalho, quando ele (o adolescente) iria jogar. Eu observei que isso não importava, porque o projeto não funciona dessa forma. Mas foram irredutíveis, e quando os dois voltaram a moça ainda veio me reclamar dizendo que eu estava errado em falar. Bom, muito me intrigou, porque o menino, sem graça, resolveu acessar de joelhos porque um dos acompanhantes (o rapaz), fazendo cara de desdenhe, pegou o banco e lentamente sentou-se, se sentindo o máximo. Muito incomodado fiquei, pois se fosse um deles (alunos), jamais ficariam de joelhos para dar direito a outro sentar.
     Assim, acho que vivemos numa contradição nacional, que vive a protestar quanto a irredutibilidade dos que estão no poder, entretanto, quando se sentem com a mínima parcela desse atributo, não titubeiam, em terem atitudes semelhantes, ou até piores e mais violentas. Vejo que na Faced, apenas se ensinam aos futuros mestres da Educação, o frio peso do curriculo. Sem nenhuma parcela de sensibilidade humana. Claro que não se trata de curso de Psicologia ou Relações Humanas,  mas lidarão com pessoas futuramente). Assim, Mostraram ao garoto que são maus exemplos a seguir. Demonstraram que no Brasil, o ensino se torna cada vez mais deficiente, por culpa dos governantes e uma parcela de colaboração de quem tinha pela obrigação instruir, no mais profundo sentido da palavra, pois na Escola que deveria pregar a EDUCAÇÃO, prega-se apenas, e somente, a frieza do conhecimento. E prezam por pequenas injustiças.

* Lembrando que no momento em que eu protestava, muitos de seus companheiros de curso, presentes no momento, me condenavam. Não com a voz, mas com o corpo, com os olhos e todos os sinais não-verbais. Ou seja, assinaram embaixo, as atitudes equivocadas dos seus. Compartilham. Saem em defesa...


               Belo corpo de professores teremos no futuro!!!!

                               Carlos de Albuquerque
                                  
                   Salvador-BA, 23 de Novembro de 2007
                       www.carlosdealbuquerque.com


Depoimento

* Detalhe. Essa resposta em relação ao meu texto que minha amiga Catia Torres da Faced enviou pra lista, o autor (Roberto) achou que o texto era de autoria dela, mas ela enviou e-mail pra ele esclarecendo que era eu, na vedade, o autor do texto acima.

Prezada Professora,

Gostei muito de seu texto e congratulo-me com suas idéias. O poder nunca está longe de nós, ele mora ao lado, nas fissuras (foucault). Essa situação nada mais é do que o currículo oculto pode fazer na
formação de um sujeito. Currículo oculto significa todas a ações que não são explicitadas (de maneira geral são ações negativas quanto a valores, ideologias, percepções, etc..) e que são apreendidas
pelos alunos. São ações, muitas vezes, copiadas das ações de seus formadores. Sua atitude foi correta. Atitude de uma educadora crítica que intefere além de sua aula, pois aula não é somente uma uma sala onde se expõe uma lição. Aula é um momento pedagógico mas acima de tudo é um ato político. Não podemos deixar isso acontecer impunemente. Parabéns.

Roberto (Faced/Didática)
Carlos de Albuquerque
Publicado no Recanto das Letras em 02/12/2007
Código do texto: T761821

2) "Parece que havia acontecido o previsto, e o Portal Domínio Público esteve fora do ar por..." / "It seems... English Version

O Portal voltou, mas o texto abaixo permanece... (Saiu do ar dia 21/03/2008 e voltou 22/03/2008. Foi um equívoco que gerou o texto abaixo.)

The Portal is back, but the text below continues...
(left the access in March 21, 2008 and was back in March 22, 2008. It was a mistake that generates the
text below.)

"Parece que havia acontecido o previsto, e o Portal Domínio Público esteve fora do ar por falta de acesso por 01 (um) dia - foi uma ameaça, apenas... Isso não é fato para nós brasileiros nos orgulharmos, pois é a prova da alienação cultural que há séculos vem assolando nosso país. A ignorância (falta de cultura) é o pior dos destinos para uma nação. E a culpa é do Governo Lula que, me parece, criou o Site, mas não divulgou como seria necessário. A Alienação desse povo, é sim, culpa de seus governos desatentos, corruptos, e principalmente, egoísticamente gananciosos. Sinto pena de nós como nação. As livrarias também estão seguindo esse terrível destino, fechando uma atrás da outra diariamente."

"It seems that happened foreseen, and the Public Access Portal was left the access because the lack of access by 01 (one) day - it was just a threaten... It isnt a fact for Brazilians to be proud, because its the proof of cultural alienation that has been desolating our country. The ignorance (lack of Culture) is the worst of destinies for a nation. And the fault is Lula government, that, it seems, created the site, but wasnt published it how it was necessary. The alienation of this people is, of course, fault of their inadvertent, corrupt governments and mainly, selfish ambitious. I feel sorry of us as nation. The bookstores are also follwing this terrible destiny, closing one by one daily."
 
       Carlos de Albuquerque
Publicado no Recanto das Letras em 08/05/2008
Código do texto: T980248

3) Bom dia Carlos, Recebi suas músicas e... / Good Morning Carlos, I received your songs and...

* "O Que Me Completa" está tocando para mais de 01 (um) milhão de Ouvintes no Sul de Minas! Veja abaixo, a mensagem do Diretor Geral e Proprietário da Rádio mineira...* "O Que Me Completa" (what Fulfill Me) has been listening by more than 01 (one) million of listeners in the south of Minas! See below, the message of the General Director and Owner of the Radio from Minas...
-------------------------------------------------------------------

Recebi suas músicas e estamos divulgando  "O Que Me Completa" no momento. 
O horário é aleatório e vem tendo uma boa repercução entre os ouvintes e locutores.
I received your songs and were publishing "O Que Me Completa" at the moment. there isnt a specific time and theres a good repercussion between listeners and radio announcers.

 
Att.
Júlio C. Bueno
Rádio Objetiva 1 FM
www.objetiva1.com.br
www.objetiva1.com.br/online

ATENÇÃO: Eu coloquei essa opinião do proprietário da Rádio, porque fiquei sem espaço no meu site pra colocar sua mensagem, que é, importante pra minha trajetória.

Obrigado! E visite o site:www.carlosdealbuquerque.com

       Carlos de Albuquerque
Publicado no Recanto das Letras em 11/05/2008
Código do texto: T985418
 
4) O Portal voltou, mas... / The Portal is back, but... English Version
O Portal voltou, mas o texto abaixo permanece... (Saiu do ar dia 21/03/2008 e voltou 22/03/2008. Foi um equívoco que gerou o texto abaixo.)

The Portal is back, but the text below continues...
(left the access in March 21, 2008 and was back in March 22, 2008. It was a mistake that generates the text below.)

Tradução/Translation: Claudia Dantas / (71) 3243-3170 e 8851-7433
       E-mail: claudiadantas.traduz@carlosdealbuquerque.com
 
      Carlos de Albuquerque
Publicado no Recanto das Letras em 12/05/2008
Código do texto: T985844

5) Resposta a Francisco do blog 86 (oitenta e seis) - Duras criticas a mim! Mas recebeu as respostas...

VOCÊ PODE ME CRITICAR, MAS SAIBA QUE NÃO SOU MUDO E MINHAS PALAVRAS SÃO NAVALHAS DO MAIS PURO AÇO. A RESPOSTA??? ESSA VOCÊ SEMPRE TERÁ, ATÉ O MEU ÚLTIMO SUSPIRO.

--------------------------------------------------------------------
Surge um grande artista na mpb
24 Março, 2008

O Brasil é um país incoerente até a raiz da sua pobreza. Eis algo que merece o meu comentário, pelo que eu li num blog ontem e mordi os quatro cantos da minha boca. Era sobre uma pessoa que divulga sua veia artística na rede. Um cara que cita Antônio Carlos Magalhães e escreve poesia barata não me deixa surpreso ao ler que ele é um morador de rua e sobrevive em Salvador. Não entendo por que ele ainda é morador de rua, se eu tivesse metade da fama que ele tem já tinha comprado um carro zero vendendo meu peixe, e reparem que o cara disse que já ganhou dois doláres e meio com os anúncios do google. Uma pessoa ingênua pode ser enganada por bastante tempo, mas um ignorante continua até morrer.

No nosso país as coisas não dão certo por dois motivos. Um - todos querem ser mais do que são, e dois - todos são menos do que estão. Além disso há uma massa crítica, burra e lugar-comum que exalta um indigente de expressão criativa sofrível, salvo uma ou alguma composição musical no palco mp3. O cidadão além de feio, ignorante e sujo diz que "derrubaria até o presidente", e alega que por não ter meios de divulgar sua produção ameaça quem o "plageie" (sic).

Na pobreza cultural brasileira, onde mesmo que o governante maior (ou melhor os portadores das respectivas pastas ministeriais) tenha(m) conseguido reengrenar a economia no nosso país ainda me cago todo do que vou ler na internet e nos jornais nas páginas sobre cultura. Aqui nem o presidente é respeitado mesmo não sendo unânimidade - muito menos se depender da minha pessoa - e mesmo que o futuro do Brasil esteja nas mãos de um cara que sequer tem um número par de dedos superior a nove nelas.

Postado por: Francisco

ESTE É O LINK DO BLOG PARA VOCÊ VER O ARTIGO NA ÍNTEGRA...
  http://oitentaseis.blogspot.com/2008_03_01_archive.html

--------------------------------------------------------------------

MEUS 2 COMENTÁRIOS

 Surge Um Grande Artísta na MPB disse...

    Tá vendo Francisco, essa frase de derrubar o presidente tá pegando mesmo, hein. Não sou escritor nato, nem mesmo sei se o sou. Apenas, aconteceu, por acidente de percurso, brincar com as letras. Diga o que quiser, não me importo, pelo menos vc já deu a sua contribuição pra reforçar a minha caminhada, que lhe digo, só a morte ou uma doença grave pra me tirar do meu rumo. Vc com certeza pode ser famoso e vender seu peixe. Basta querer e usar a inteligência pra descobrir os meios pra isso. Não estou usando as ruas com o propósito de chamar atenção, pois, quantas pessoas vivem nas ruas, e morrem nelas, engolindo a sua arte, a sua inteligencia, e por incrível que pareça, o seu caráter. É. Porque aqui na rua tem sim, pessoas de caráter. Nem todas são marginais, e outras coisas inúteis. Já viu que lhe descobri, né? Vc postou em Março, falando às escuras de mim. Mas lhe descobri, vc ainda tem duvidas, que de fato, sou capaz de derrubar o presidente??? Por que não faz um teste vc mesmo, e pegue algum texto meu e registre no seu nome, que lhe mostro que em menos de 1 ano lhe descubro, e verá o peso da minha inspiração investigativa. Sentirá o calor devastador de minhas medíocres palavras.

    Abraços!!!!
      Carlos de Albuquerque
 www.carlosdealbuquerque.com 
*****************************************************
 
6 de Maio de 2008 12:26
Surge Um Grande Artísta na MPB disse...
--------------------------------------------------------------------
    "O cidadão além de feio, ignorante e sujo diz que "derrubaria até o presidente", e alega que por não ter meios de divulgar sua produção ameaça quem o "plageie" (sic)".
--------------------------------------------------------------------
    Essas são as palavras do sábio Francisco. Aliás, bastante inteligente se não fosse igual a mim, sujo. Vc deve ser uma enciclopédia viva, pois suas palavras são muito interessantes, com uma crítica, que em nada, me ajuda e ajuda a vc mesmo. A sua crítica se torna burra porque não sugere, só vomita, as suas revoltas. É cidadão, é disso que a nossa sociedade vive na sua covardia histórica, e se alimenta até se impanzinar. Música maestro!!! Não sou tão competente pra escrever como vc, mas se for colocada, a público, as nossas criações, quem vc acha que será capaz de fazer maior revolução?

    Abraços amigão!!!
          Carlos de Albuquerque
    O mendigo do Brasil e do Mundo...

    6 de Maio de 2008 12:56
        Carlos de Albuquerque
Publicado no Recanto das Letras em 26/05/2008
Código do texto: T1005649

6) O mundo que me faz sonhar! Melhor que sentar e chorar...

Não vim de maneira natural pra esse planeta. A maioria das portas encontrei fechadas, cerradas na minha cara. Mas não dou e nem serei qualquer um. Não ousarei me trancar do lado de dento do cerco. Simplesmente, arrombei, arrombo, e arrombarei todas as que se colocarem  à minha frente. Sou de aço, e minha juventude de pele, osso e coração, me fará mover todas as pedras. Fechar todos os rasgos. Mover todos os moinhos, e... Alavancar todas as questões de vida a que me perco. Me perco na ânsia de me encontrar. Te perco, na ânsia de me animar, e te choro, com desejo de chegar. Continuem aparecendo as portas, que terei o prazer de lançá-las ao longe, pra quando bater nas estrelas derretam as suas fantasias que querem me impedir de ser e de chegar ao meu lugar.
          Carlos de Albuquerque
Publicado no Recanto das Letras em 10/07/2008
Código do texto: T1074145

7) O Ex-Morador de Rua que começará em, 14/07/2008 o seu ofício de Funcionário Público Federal do Banco do Brasil no Recife. Valeu parceiro!!!! (leia meu comentário)

Meu comentário à sua matéria no Diário de Pernambuco...

Nossa!!!!!!!!!! Quando ele citou esse trecho da canção de Cazuza, me arrepiei e quase choro, pois também a uso. Ele tem pensamentos e dificuldades bem parecidas com a minha. Também MORO NA RUA e muito do que ele disse me indentifiquei também. Eu, no meu caso, tenho ambições bem maiores que ele, mas chegarei lá. Quando fala de leis e regras nas ruas, também as confirmo. Na rua vacilou, morre!!!! E morre feio. Parabéns ao Ubirajara, que heroicamente nos representa. Porém devo pontuar, que isso não é motivo de orgulho pra este país e esta sociedade, pois ele com seu grande triunfo, mostra o quanto burro e ignorante são nossos políticos, que são incapazes de perceber que perder grandes mentes por negligência é um grande prejuízo pra todos nós. Valeu grande herói que nos representa da melhor maneira!!!!! Um outro detalhe é que, ele, ao passar no concurso, mostra que enclausurar as pessoas em sonhos alheios, em geral, dos pais, leva muitas pessoas a revoltas muitas vezes agrecivas e decadentes. Por tanto, pessoas da "sociedade", realize seus sonhos, e não atinja metas que não são suas. Se quer ser Advogado (a) por exemplo, não faça faculdade de medicina, só porque a sua família é tradicional nessa área. Faça, literalmente, Direito, e seja feliz, fazendo o que ama e consequentemente, se tornando grande profissional de inspiração. É isso que buscamos nas ruas... A liberdade de tomar a direção que desejamos, e poder fazer isso sem pressões e distorções.

    Abraços, sucesso e felicidades a Ubirajara
    O nosso grande representante das ruas...
    --------------------------------------------------------------

    Eu sou Carlos de Albuquerque
    O Mendigo Mendicante Brasileiro
    www.carlosdealbuquerque.com
    30 de Junho de 2008 06:36
--------------------------------------------------------------------
LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA, COPIANDO E COLANDO O LINK ABAIXO NA SUA BARRA DE NAVEGAÇÃO.

http://andreabrelaz.blogspot.com/2008/06/hoje-ubirajara-gomes-da-silva-deve.html
       Carlos de Albuquerque
Publicado no Recanto das Letras em 11/07/2008
Código do texto: T1075667

8) Um comentário ao post "Anencéfalicos do STF..." no Blog - Ao Mirante Nelson

Embora de fato a pré-análise fetal dos tais seja interessante, para que possíveis riscos de recebermos, no Brasil, mais desastrosos administrantes, devo acrescentar que na verdade, deveriam se reformar as mentes impensantes, ou talvez, pensantes por conveniência, para que não dessem ferramentas de acréscimo intelectual aos possíveis suspeitos de atingir metas egoísticas em dissonância aos anseios desta nação. Interessante que essa análise começasse desde os primeiros passos políticos de alguns meliantes.

Fonte do artigo: Anencefálicos do STF discutem aborto de ministros - Ao Mirante ...
http://www.interney.net/blogs/aomirante/2008/08/28/anencefalicos_do_stf_discutem_aborto_de_/
 
        Carlos de Albuquerque
Publicado no Recanto das Letras em 16/09/2008
Código do texto: T1181040

9) Continuo a dizer que o Movimento Negro, da forma que luta por Reparação, só consegue conquistas frágeis paliativas

ATENÇÃO: ESTE TEXTO TEM VÁRIOS LINKS, QUE NÃO FOI POSSÍVEL INSERIR AQUI. VEJA NO MEU BLOG. VALE A PENA CONFERIR...
              www.carlosdealbuquerque.blogspot.com
             ----------------------------------------
No dia 28 de abril de 2005, período em que já havia começado, por estar fora na minha área artística principal, a música, a escrever textos, que mais tarde eu daria o título de "Textos Criticos", tive uma das inspirações que coloquei no papel em aproximadamente 2 (duas) horas. Ela tem um nome e é: Reparação Já. Um Equívoco Nacional... /// Repair even now. A Nation Equivocal....

Esse trabalho falava da maneira equivocada que os Movimentos_Negros buscavam a suas conquistas de reconhecimento como pessoas e não como etinias excluídas. Na ocasião, eu salientava, que era de extrema importância que o movimento abrisse a mente e procurasse evoluir, se educar, se unir e tentar conquistar seus espaços na sociedade por seus méritos, e não por forçação de barra. Algumas pessoas, entretanto, diziam e outras me acusavam de ter um discurso branco. Inclusive, um professor afro-americano veio em cima de mim com a mesma acusação.

Enfim. Tempos passaram e, fora o meu site e o Recanto das Letras, no qual venho publicando meus trabalhos nos últimos 2 (dois) anos, meu texto está linkado e bem guardadinho por lá mesmo, e foi um dos meus escritos que não recebeu comentários. Mas até entendo, pois esse é um assunto delicado e, nem todos tem coragem de mexer, pois as respostas a qualquer oposição aos movimentos enfraquecidos sociais, geram muitíssimo desconforto e em alguns casos, reações de ira. Mas como sou uma pessoa extremamente ousada, observadora e critica, não podia deixar de registrar, agora, em momento contemporâneo, que o que eu dizia há 03 (três) anos e meio atrás está acontecendo. Tenho materiais em mão, e outros você mesmo (a) pode comprovar circulando pelo Centro de Salvador, que mostra que nem mesmo a cota 1, que os Movimentos queriam na mídia e na publicidade, se mantém. Não posso dizer nada sobre a mídia televisiva, pois não acompanho com frequência. Sem deixar de lembrar que tudo isso está acontecendo na reta final da gestão do PT na Presidência da República. Imagine o que irá acontecer se a direita voltar ao poder.

Agora uma análise: vá ao Shopping Center Lapa (o site deste Centro de Compras abre com uma representante afro-brasileira), e veja ao lado da Lojas Marisa, que há enorme painel (vi em 19/Set/2008), com uma família de 4 (quatro) pessoas. Pai, Mãe e um casal de filhos. Não há nenhum cota 1. É uma família branca. No mesmo dia, encontrei na Lan House de uma casal de amigos aqui em Salvador e que frequento diariamente, uma revista para revendedores (as) de Langerie e roupas de baixo masculina. A revista Marcyn, no conteúdo de fotos dos modelos não há um só, da cota 1. Abre e fecha com uma loira.

Uma outra revista publicitária da Lojas Esplanada, abre com a atríz Global, Débora Seco, fecha com ela, e que vende para o povo baiano mais de 80% afrodescendente, também tem em todos os modelos do seu conteúdo, o tipo de público que frequenta o Bahia Cafe Aflitos.

Em geral, eles apenas pousam e embolsam seus cachês. Os mesmos não compram nas referidas lojas, mas sim na Zoomp, Ellus, Mitchell, M. Officer e outra. Ou seja, nem mesmo, o que o Movimento_Negro achou que tinha sido uma grande conquista e um passo histórico, durou muito, e na prática, caiu por terra. Mas peraí!?!?! Tem mais. Um folder que divulga o Catálogo Quatro Estacões e outros, de apenas 04 (quatro) páginas e 08 (oito) fotos, também conta com a mesma falta. Abre com uma loira e fecha com uma mais ou menos aloirada. Ainda não acabou: a caminho da FACED, (Em 22/09/2008) onde estou a digitar esse texto, passando pelo Campo Grande, no ponto de ônibus em frente ao Teatro Castro Alves, vi no seu luxuoso painel publicitário, a propaganda do leite batavo, e mais uma vez constatado que há 03 (três) pessoas na foto e nem sinal da cota 1. Mas esse você não verá mais, pois já foi removido na parte da tarde desta mesma data.

Isso é uma nova tendência, pois há 01 (um) ou 02 (dois) anos atrás, sempre havia o cota 1. Apesar de toda essa situação, não vejo porque estimular boicote às lojas, deixar de comprar e fazer negócios com elas. Apenas estou colocando os fatos. Toda empresa tem o direito de escolher para sua publicidade, A, B, ou C. E as lojas apenas preferem adequar sua publicidade ao público que lhe gera mais visibilidade e que em geral pode pagar mais. Apesar de saber, que é a maioria afro a frenquentar o referido comércio.

Outra coisa é que no dia que houve uma passeata aqui no Centro de Salvador, organizada pelo Movimento, e que protestavam com cruzes em punho, com nome de, na maioria, jovens negros vítimas de extermínios envolvendo policiais, havia uma matéria no Jornal A Tarde, em que o Comando da Polícia Militar da Bahia, comemorava 02 (dois) dias sem homicídios. Ou seja, o movimento estava fora de foco e perdeu todo o efeito, até porque nunca mais se ouviu falar do assunto.

Acredito também que a opressão vem da falta de investimento na Educação e esclarecimento do papel de cada cidadão dentro dessa organização social. Governo que não investe no seu povo achando que este se tornará exigente, problemático e difícil de manobrar, está completamente equivocado, pois, se fosse olhar por esta ótica, como se explicaria a grande organização e ascenção de tantos países ricos, que não tem analfabetos em suas nações, e vivem organizados e muito bem? Também não vou passar a mão na cabeça da polícia, porém, devo pontuar, que essa violência é proporcional a ignorância e falta de instrução do nosso povo, que acaba tendo a violência como ponte de defesa. Não há como negar que nos bairros e periferias onde se concentra a maior parte da população marginalizada encontra-se em caos total, e a maioria dos envolvidos em crimes são afro-descendentes. Se o governo olhasse mais para essas localidades, tratasse as pessoas como pessoas e não como lixo, não haveria tanta barbárie, tanto do lado policial quanto populacional.

Para fechar, devo apenas salientar que não faço minhas análises de forma leviana, conivente ou irresponsável. O que eu faço é apenas desnudar a real dos fatos no meus trabalhos. Está confirmado que a minha análise tem fundamento. A Reparação Já. Continua sendo para mim, um Equívoco Nacional...
 
         Carlos de Albuquerque
Publicado no Recanto das Letras em 23/09/2008
Código do texto: T1192512

10) Uma máfia velada assola o Projeto Tabuleiro Digital na FACED-UFBA

ATENÇÃO! O OBJETIVO DESTE TEXTO NÃO É PUNIR NINGUÉM E NEM ESTIMULAR RETALIAÇÕES. É APENAS UMA MANEIRA DE MOSTRAR À DETERMINADAS PESSOAS QUE AS QUESTÕES PODEM SER MELHOR DISCUTIDAS E CONTROLADAS SEM PROVOCAR TANTOS RESSENTIMENTOS. PARA VOCÊ QUE É CONTRA A GENTE E É PAI E MÃE DE FAMÍLIA, SAIBA QUE ESSES PROJETOS PODEM BENEFICIAR VOSSOS FILHOS E NETOS NO FUTURO. EU FICARIA TRISTE EM SABER QUE O MEU TEXTO SERVIU DE FERRAMENTA DE PUNIÇÃO. OBJETIVO É APENAS ESCLARECER AS COISAS.

Uma sugestão é que você vá para o meu Blog onde há vários links no decorrer do texto. Considero mais interessante!
   
                     www.carlosdealbuquerque.blogspot.com

Há mais ou menos 04 (quatro) anos venho a frequentar, por indicação de Ana Paula, o projeto citado acima. Ela é uma colega, ex-integrante do grupo Vilavox do Teatro Vila Velha, do qual também fiz parte, por cerca de 02 (dois) anos e meio.
Antes, eu já frequentava, e ainda frequento com menor intensidade a Sala do Cidadão do Sac no Shopping Barra, que dá 30 minutos de acesso, com direito a mais uma repetição, pela manhã, e mais 02 (dois) acessos pela tarde.
O Sac passou algumas vezes por processo semelhante ao do assunto discutido aqui neste momento e tive que fazer algumas interferências, pois, havia na ocasião, máquinas com internet puxada a carroça - um descaso na manutenção - teclados defeituosos, além da tentativa de "sequestro" de 07 (sete) das 14 (quatorze) máquinas existentes e de exclusivo acesso à internet de forma gratuita. Para implantar de forma temporária uma repartição interna da casa. Mas só durou alguns dias depois de minhas palavras esclarecetórias. Além das 02 (duas) máquinas que foram ocupadas por mais de 01 (um) ano para o recadastramento de aposentados e pensionistas.
Também conheci os Infocentros do Centro Social Urbano no bairro Liberdade, Estação de Trens da Calçada entre outros... Enfim, todos com o intuito de inclusão social.
Tenho me beneficiado com tais iniciativas, por ser um Morador de Rua, mas também, 90% dos poucos trocados que pego, vão pras Lans Houses da vida.
Bom. É louvável que projetos dessa natureza beneficiem pessoas que não tem condições de pagar, ou que não podem ter um computador em suas casas. Acontece, que toda mudança gera desconforto e reações contrárias, muitas vezes violentas. Tenho visto e testemunhado muitas dessas aversões anti-inclusivas. O pior, é que muitas preferem fazer oposição clandestinamente. Não são ataques diretos, mas retaliações do tipo: "É. Temos que desligar porque faremos uma geral (limpeza) - antes feita apenas nas Sextas-Feiras - nesta semana fiquei sabendo, mais precisamente na Quinta-Feira, 25/09/2008, que esse dia está fora do calendário do Tabuleiro Digital. Ou seja, um projeto que chegou a funcionar de Segunda à Sábado, agora só vai até Quinta. Ainda que, em dias aleatórios precisam fechar o Tabuleiro parcialmente para limpeza". Aí alegam que - esses meninos tão bagunçando, quebrando os computadores e por isso, essas máquinas não poderão ser ligadas agora - ou ainda: ô meu irmão, vou ter que fechar agora, porque tenho que limpar aqui, e não tenho previsão de horário para terminar a faxina. Deve abrir só à tarde. Além disso, recebo sempre que chego à Faced, caras e bocas, de muito ódio. No caso da Faculdade de Educação, alguns professores, funcionários, e principalmente alunos, detestam a nossa presença, e como não podem passar por cima de ordem superiores, preferem atacar de forma velada, como por exemplo, com olhares reprovatórios. Muitos do que implicavam com a gente já se formaram e foram-se. Há mais calouros que já nos encontraram aqui e não fazem muita oposição - por enquanto. Às vezes até nos culpando por quebra de aparelhos e outras atitudes. Quando questionadas, dizerem que são os meninos que frequentam, que são vândalos e não respeitam os equipamentos, e não os preservam. Mas estou praticamente todos os dias por aqui, e não vejo essa quebrança vandalística de equipamentos que alegam. Claro que eles às vezes querem agredir os equipamentos, mas sabe-se, que adolescentes em fase escolar têm comportamentos difíceis. Isso não é novidade, e os futuros professores deveriam, no mínimo entender que passarão por isso na sua futura profissão.
Sei bem que, o que gera ódio, é que meninos de bairros marginalizados, próximos da Faced, frequentam o Tabuleiro livremente, e jogam, quase que integralmente, o tempo que tem direito ao acesso. Às vezes, ficam horas. Extrapolando a sugestão de 01 (uma) hora. Muitos deixam de frequentar a escola. Claro, que acho que deveria haver, sim, uma discussão sobre, o que é, e qual a função real de inclusão, a que o projeto se dispõe. E o que seria ou não, permitido nos Tabuleiros. É preferível, isso, do que certos tipos de ataques em golpe baixo.
Eu, que sempre frequentei os projetos de inclusão a trabalho, sempre pesquisando, escrevendo, me informando, amadurecendo intelectualmente, acabo sendo prejudicado com os cortes bruscos do acesso. Não há, por exemplo, uma escala de faxina, com dia e horário certo. Você, simplesmente chega e o funcionário, com ar de "autoridade" diz: não pode acessar porque vamos limpar. Vá meu amigo, fecha logo aí!!! E sai desligando os computadores, virando os teclados e colocando os bancos sobre as mesas. "Se tá achando ruim vá a Secretaria e faça sua reclamação". O único problema é que se você vai e reclama é punido com o fechamento radical das máquinas, como já aconteceu.
Como sou um frequentador informal, não posso enquadrar ninguém na transgressão chamada, Assedio Moral, quando alguém ameaça, autoritariamente outra, por não ter como se defender oficialmente. Mas o projeto, me dá os direitos, que se for falar em linguagem judicial, me dá respaldo suficiente para incorrer em artigos das leis do Código Penal Brasileiro, pois, me sindo acuado, constrangido, impotente, e por tanto, sofro danos morais e materiais quando deixo de concluir trabalhos de cunho sério.
O Tabuleiro, como os projetos de inclusão digital, correm sim, o risco de fecharem suas portas, por parte de pessoas da sociedade, que não suportam a presença, de quem não se enquadra no perfil de sociedade comum.
Para finalizar, o Projeto Tabuleiro Digital, equivocadamente ou não, mantém, meninos e adolescente, fora do foco de marginalidade, fazendo com que muitos, até abrandem, seus instintos de periculosidade. Assim, deixam de fazerem vítimas, os mesmos, que os assaltam com sua máfia velada de exclusão social.
Relembro como citado acima, que a Sala do Cidadão por pouco não foi tomada e/ou sucateada, pois tive que interferir, por formulário de reclamação, por 03 (Três) vezes. Os Infocentros, não sei como estão, porque há muito não os frequento. Mas nestes nunca houve esse tipo de problema. Claro que são no máximo 02 (dois) funcionários no atendimento e não há esse tipo de situação.
O Tabuleiro Digital, da FACED-UFBA, que é o que frequento bastante, corre o risco de ser fechado para comunidade, quando deveria, apenas se adequar a uma inclusão mais direcionada. Os alunos da Faculdade, principalmente os antigos, torcem muito por esse dia. Afinal, serão mais 20 (vinte) computadores, a lhes servir, além do já existente laboratório de informáica da Faculdade, no qual é reservado, e só alunos têm acesso, com senha.
Salientando, que muitos, são de classe média, tem computador em casa, laptop, dinheiro pras Lans da vida, quando nós temos poucas opções e dinheiro curto.
Entre no meu site, veja meus trabalhos. Veja este texto que você lê neste momento, e que produzi por esse projeto. Eu lhe pergunto. Quantas pessoas são beneficiadas, por tais iniciativas a cada dia? Quantos meninos tem contatos com a informática, através dos grandes e potentes exercícios de raciocínios e agilidades dos jogos. Não há porque eliminar o entretenimento, mas contrabalançar com coisas interessantes para eles seria legal também.
Não os vejo quebrar equipamentos. Afinal, nós mesmos nos beneficiamos. Eu não permito, quando estou presente, nenhum tipo de vandalismo praticado por eles nos equipamentos. Mas tudo depende da maneira que se fala. Ninguém vai quebrar aquilo que está lhe servindo, e se o fizer, basta apenas uma maneira tranquila de passar-lhes o benefício que deixarão de receber, ao quebrá-lo. Uns entendem outros nem tanto, mas essa é a melhor maneira de fazer com que as pessoas deixem a liguagem de violência de lado, e tentem um caminho mais suave e eficaz de passar suas mensagens.

O diálogo é essencial para a evolução e entendimentos das mentes humanas
 
         Carlos de Albuquerque
Publicado no Recanto das Letras em 30/09/2008
Código do texto: T1204087


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Veja mais textos meus de várias fases publicados no Recanto das Letras, clicando aqui! Tem muito romantismo também... Confira.



Navegue pelo mapa. Mais detalhes clique na marca GOOGLE, na parte inferior esquerda do mapa.